Melhor com carinho

Melhor com carinho
Olá, me chamo Luizinho e vou relatar algumas das minhas aventuras sexuais, tenho meus plenos 13 anos, sou branquinho, magrinho, baixinho e totalmente lisinho, só tenho umas penugens pelo corpo todo, tenho 1,45m e 48kg, sim, sou bem magrinho mesmo, boquinha carnuda e rostinho fininho, e olhos um pouco puxadinhos, e apesar de eu ser bem magrinho e baixinho tenho um corpinho bem da hora, com cintura fina e pernas um pouco grossas e torneadas e uma bundinhaq bem grandinha e arrebitadinha, o que acaba chamando a atenção de muita gente, quer dizer, tantos machos, tanto faz se meninos, muleques, garotos, rapazens, jovens, homens e até coroas.
Vou contar o que me aconteceu a sete dias atrás, onde um negao de um pau descomunal me comeu a força.
Bem, eu fui a casa de um amiguinho jogar games, como fazia toda tarde ate ficar de noite, onde o pai dela estava hospedando um amigo de sua cidade natal e eu nem sabia, um negro muito em forma, muito grande e forte, e que me parecia ser um cara legal, mas meio estranho, muito fechado, ele tinha ficado com a gente a tarde toda conversando e jogando com a gente e nos tornamos amigos, chegada a noite minha avó ligou e mandando eu ir pra casa, falei que iria embora e pedi pro meu amiguinho me acompanhar até a outra quadra, pois tinha muito medo da praça que fica entre a minha rua e a da casa dele, apesar de ser a praça da universidade catolica, era tremendamente perigosa, e meu amigo qua não largava o game por nada, e muito folgado, manda o coitado me acompanhar, estava pronto pra cair o maior pé dagua de todos os tempos, muito vento e muito e a rua estava deserta, chegamos no final da quadra onde terminava a praça e já na rua seguinte fica a minha casa, e ficamos ainda conversando um pouco, e nao notei que ele ficava me reparando, principalmente durante a tarde, logo quando eu não parava de analisar ele durante a brincadeira, axei que ele era muito gostoso, e sempre tive essa tara por caras como ele, mas nunca tinha me acontecido,pena, mas ja tinha feito muito troca-troca com os muleques da minha idade, inclusive com esse meu amigo. E quando ja estava me despedindo dele, ele me falou que queria ir tomar um banho assim que chegasse na casa dos pais da meu amigo , mas que tinha necessidades pra fazer, eu sou muito ingenuo e nao percebi a explicitação dele, perguntei se ele queria mijar , ou fax quem sabe, ele falou que nao , fiquei curioso, mas nao notei nada de diferente, cheguei em casa, e fui direto pro MSN, e ele já estava la, já era bem tarde e eu sempre fico na net ate altas horas da mad**gada vendo imagens de paus, pois sou muito taradinho por paus de machos e ai conversa vai e conversa vem até que eu perguntei o que ele tanto queria, ele me perguntou se eu conhecia alguem que quisesse trepar, e eu logo fiquei impressionado com a atitude dele, mas começei a me interessar pela conversa, e que aguentasse 23x12cm de rola, eu ri, e me assustei com o tamanho do pau dele, mas ele nada respondeu, entao eu disse que iria olhar nos meus contatos e na sala de bate-papo que eu estava se tinha alguma mina afim de ficar com ele, e procurando por alguma garota, mas ja sabia que nao achaaria nenhuma, hehe, logo depois, falei pra ele: me desculpa, mas nao tenho ninguem, achoo que vai ficar na necessidade. ele falou: tudo bem, mas to precisado… entao ele disse que tinha que sair, e ai nos despedimos e ele se foi, nossa e eu não parava de pensar noq ue ele havia me dito sobre o pauzão dele, eu fiquei babando e corri atars pra teclar com outros caras, mas não rolava nada porque sou de menor e eles tem medo e eu acabo sempre ficando na pedra igual a ele rsrsrs, ai sai do MSN e fui deitar, e aquele assunto não saia da minha cabeça, ate que eu bati uma punheta pensando nele e no pauzao dele sabia.
No outro dia, logo cedo meu amigo me liga e pediu minha ajuda, e eu não contei conversa e fui correndo pra lá, pra ver o que ele queria, só para ver o amigo do pai dele e analisar melhor o produto hehehe, eu tive que ajudar meu amigo, que tava com muitos problemas em Matemática, minha disciplina favorita, mas eu acabei me atrasando e ele já tinha ido pra escola, pois tava de recuperação e seu pai tinha levado ele ee so estava lá o amigo do pai dele e a mãe do meu amigo que inclusive ja estava de saida, ia pra feira e iria ficar so a avo do meu amigo la, então a D.Clotildes, sabendo que eu ja tinha passado de ano, e que estava de ferias, pediu pra eu ajudar o amigo do seu marido a ir ao banco porque el tinha que verificar umas coisas lá e ela nao podia acompanha-lo porque estaba atrasada e sabewndo que eu conhecia bem o nosso bairro pediu-me pra eu acompanha-lo ate o banco, problemao, pq isso é dor de cabeça, ninguem mereçe andar durante o dia, eu tava de ferias e queria era brincar e em divertir, mas tudo bem, tive que aceitar porque se não ela ficaria chateada comigo e ainda ia dizer que era um menino mau, e ai la vai eu, ao inves de ir me divertir e brincar, tive que levar o negao ao banco e passear no bairro, até porque o citado não sabia ir sozinho. Nossa tinha andado o dia todinho com ele, e ele so falava nesse assunto de resolver os problemas dele com o banco, finalmente resolvemos, ai ele falou que queria dar uma volta, e ai fomos ate no final da tarde, ele pagou lanche e tudo, ate que foi legal, mas ele sempre muito fechado e nao tocava mais no assunto de ontem e nem eu tambem pra nao dar ratada, ate que quando voltamos, levei ele pra casa do meu amigo, e a D. Clotildes me avisou que a minha avó teve que fazer uma viagem rapida ate o sitio do meu tio que ficava um pouco longe da nossa cidade e que era pra eu ir pra casa e me trancar lá e cuidar dos gatos dela, eu pirei de raiva, pois queria ter ido junt, porque la no sitio do meu tio, tem os meus primnos sabe e sempre rola um troca-troca, ai ela disse que estava com medo de eu dormir sozinho la em casa, mais eu falei que ja estava acostumado, pois sempre minha avo viaja e me deixa só, e não podia deixar eu dormir na kza dela pois ela ja estava com visitas, ai o negão falou que ele podia me acompanhar e ficar çá ate a minha avo voltar, para eu nao ficar sozinho e poteger a casa, e tambem para retribuir a minha ajuda, eu fiquei mais puto ainda porque iaria ficar a noite toda só e ia fazer muita putaria na net, so que a D.Clotildes achou uma excelente ideia e na mesma hora ligou pra minha avo que concordou e agradeceu muito pela ajuda em me reparar, ai que raiva, queria ficar só e nao vai dar pra fazer sacanagens a noite, ai tive que concordar né? Tive que levar o negao pra dormir em minha casa, ele prontamente contente eu eu triste, pra completar começou a cair a maior chuva e tivemos que ir correndo pra lá pra fechar as janelas e portas e e fomos nos molhando todinhos ate chegar la, xegamos debaixo de uma chuva muito forte, nossa estava ja um pouco tarde e então terminado o serviço fomos nos secar, ele tirou a roupa toda molhada e ficou so de cuecas e eu pirei ao ve-lo daque geito e vi o grande volumão que ele havia me dito, ai colocou a roupa pra secar, eu fiquei de cuqquinha branca e camiseta, e dava tambem para me ver quase nu, por causa que minha cueca ficou transparente quase, e ele ficou estranho e como a casa ja estava fechada ele disse que estava na hora da gente deitar e eu falei que ia ficar na net um pouco e ele disse que era tarde pra eu ficar na net e aos poucos ele foi chegando perto de mim, e de repente me segurou forte e com muita força tirou minha cuqquinha, eu tentei gritar de susto, mas a chuva estava muito forte e trovejando muito e nao dava pra ninguem escultar e el tapou minha boca e me segurou forte e me abraçou pelas costas, e falou: cara, era vc que eu queria comer desde a hora em que eu te vi, me da esse rabo vai. Ele estava alucinado com meu corpo e meu jeito. Eu pensei: poxa, que lerdo eu sou, hehe. Estava afim de sacanagem e a sacanagem batendo em minha porta hehehe, e como sou muito manhoso, falei pra ele que não mas tambem nao desgrudava dele e ele percenbendo ficou mais louco ainda e ele ficou me sarrando, ate que ele me virou num so gesto e me beijou, eu tentei evitar mais ele continuou e me beijou mais e mais, parecia que ia me engolir ou me comer vivo, nossa aquilo era tudo que eu queria e eu acabei me entregando a ele pouco a pouco, e ele estava muito louco e excitado e eu tambem, ele arranhava a minha bunda e eu adorava, passava a mao nela e batia, quando eu olhei pra vara dele ai vem a surpresa, eu nao iria dar conta nunca, e falei que so iria punhetar pra ele, ele forçou minha cabeça ate chegar perto, eu aceitei, tentava colocar na minha boquinha mas era impossivel, pois era extremamente grande, um pauzão bem pretão grandee grosso, tentei ao maximo agrada-lo e fazer gozar logo, pois nao conseguiria mais nada alem daquilo. ele começou a dedilhar meu rabo, e me carreou ate o quarto da minha avo e fazia massagens, ai me jogou na cama e pegou um pote de hidratante e me lambozou o dedo e foi enfiando seu dedo preto e grosso no me rabinho ainda fechadinho e apertadinho, pois ja havia dado, mas para os paus dos moleques da minha idade que mesmo sendo novos mais ja eram um pouco grndes e grossos, mais um pau daqueles enorme nunca havia visto, so na net, e agora estava ali na minha frente, entao ele me fez chupar mais e mais e eu nao coneseguia sequer abocanha-lo todo, eu tambem estav alucinado com aquela situação e ele mais ainda, pois me onfessou que adorava bundinhas assim como a minha e que ja havia fodido muitas da minha idade mais nunca um atao linda como a minha e tao branquinha e lisinha, e eu fiquei mais louco ouvindo aquelas palavras, e continuei a mamar naquele cacetão preto e ele aos poucos ele foi me virando, me beijava a bunda, arranhava e batia, eu fiquei louco, mas sabia que nao podia deixar ele ir mais longe, quando ele senta em cima de mim, e trava meus braços e eu nao conseguia me virar nem me movimentar, eu estava apavorado mais muito afim sabia, porque sou muito manhoso, mais ele ficava mais louco com as minhas tentativas de fugir dele logo ele lambozou mais a mao dele de hidratante e fixou enfiando o dedo ate que entrou tudo e eu gemia de dor mas estava ficando muido gostoso e pedia para ele para e ele nem me dava ouvidos e começou a me chingar de bichinha e de viadinho e disse que eu seria sua puta querendo ou não e eu fiquei mais louco e mais excitado e ele nao saia de cima de mim um momento, ai ele empurraba mais e mai minha cabeça contra a jeba dele e me faz quase vomitar, e enfiando seu dedão no meu rabinho, e eu gemendo de dor e prazer, e ai ele me poe de costa pra ele e começa a morder minha bundinha e me bater, cada palmada dele me deixava mais louco e e ardido, minha bundinha estava pegando fogo de tanto arder e ele começa a chupar meu rabo e ficou me apertando e me lambusando com sua saliva, eu estava estasiado com aquilo tudo, e quando olhei pra aquele pauzao que parecia nao prar mais de crescer, estava latejando de tesão e eu tambem, eu sabia que se deixasse ele me rasgaria e me arrombaria, mais nao tinha força pra lutar com ele, e tabmem estava adorando tudo aquilo, eu achei que ele só ficaria nisso, mas nao dava pra ver muito pq tava de costas, quando de repente ele sai de cima e segura meus braços e encosta o pau bem na portinha, eu fiquei em ponto de desmaiar de medo, ele tenta forçar, e com muita força, começa a entrar e meu rabo se contrair com muita força, a dor era imensa, eu estava ficando louco, comecei a implorar pra ele tirar, tava doendo muito e nem tinha ido a cabeça direito, ele falou: se gritar apanha e se contar pra alguem vou comer vc e ainda vou chamar mais amigos que tem pau igual ao meu pra fazer vc morrer de tanto ser comido, nisso ele tapou minha boca e socou o mais forte possivel pra fazer entrar o pau todo, nessa hora axo que ate minha pressao baixou, eu fiquei tonto de dor, ele socava com tudo o que podia, pensei ate estar sangrando, e estava mesmo, ele me arrobou com aquele pauzao de 23x12cm meu cu dava altas contrações, em alguns momentos axei melhor nunca ter conhecido ele, apos uns 20 minutos de pura dor, comecei a ficar mais relaxado e conformado com a situação, e de repente comecei a sentir algum prazer, ai que começou a festa, comecei a rebolar que nem louco naquela pica grossa e descomunal, pedi pra ele socar tudo e gozar bem forte, quando ele ouviu isso ficou doido e socava com tanta força que eu xegava a ir la na frente e voltava com tudo quando ele me puxava, ficamos engatados por mais uns 10 minutos, quando de repente ele goza um rio de porra quente e grossa e a minha bundinha ficou cheia, meu cuzinho agora arrombado e o gozo foi tanto que sai esperma quente e grosso pelas beiradas do pauzao dele ainda dentro e tabem alguns pingos de sangue e coco, ele adorou me ver assim, pois tambem gozei sem ao menos me tocar, foi dolorido, mais muito gostoso, nossa ai eu estava muito cansado e acabado, sem forças e então ele caiu em cima de mim e ficou assim por uma hora, eu fiquei sufocado e ainda com um trambolho enorme dentro do meu pobre rabo, mas apos esta ele me forçou a dar mais tres vezes naquela noite, eu nao dava conta nem da segunda imagina mais duas apos ela , ai realmente da segunda a quarta trepada, eu fui realmente forçado, pq meu rabo tava muido dolorido… Dai fiquei sendo sua peutinha mesmo e agora estou mais ainda adorando isso. Mas apesar de eu gostar um pouco de sexo selvagem, eu quero muito fazer isso mas com alguem que me ame.

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir