Acordei com meu primo beijando meu pau

Asian

Acordei com meu primo beijando meu pau
Olá, meu nome é Ruan tenho 27 anos e sou do tipo ursinho (parrudo, peludo), a alguns dias atrás meu primo veio a minha cidade em busca de emprego, quando soube que ele viria chamei ele passa esse tempo em meu apartamento, já sei o que estão pensando, que chamei ele com segundas e terças intensões, apesar de sentir atração por ele, já ter “roçado” meu pênis em sua bunda, marcado com short meu pau pra ele ver e ter notado alguns “sinais” que ele fazia, coisas do tipo passar sua perna na minha, fazer aquelas “simpatias” de ver até onde o meu dedo alcançava em minha mão pra saber o tamanho do meu pau, uma vez fazendo esse teste ele soltou um “eita” pois meu dedo alcança longe, sedo que meu pau mede 15cm o que prova que esse método não é muito eficaz (Kkkk), não chemei ele pensando em algo a mais do que ajudalo com um lugar para ficar, até porque fazíamos isso quando éramos mais novos e experiências assim são normais na idade que tínhamos. Quando ele chegou notei que tinha cortado o cabelo de forma diferente ao que ele estava acostumado e comentei, ah! Esqueci de decrevelo, ele se chama Denis, é alto, tem 25 anos e acho que estar no peso ideal para a sua altura, expliquei algumas coisas sobre meu lar, e como eu estava de férias passamos o dia falando e fazendo besteiras. Anoiteceu, minha cama é daquelas que tem uma gaveta que na verdade é outro coxão, o que ajudou bastante na hora de encontrar um lugar para ele dormir, fomos dormir, ou pelo menos eu fui, não sei de onde ele teve coragem de fazer aquilo, mas comecei a sentir umas sensações extranha, e comecei a ter uns sonhos um pouco mais dezoito (kkk), acordei e percebi que Denis estava beijando e acariciando meu pau que estava duro, apesar de não ter acordado de forma brusca, ele se assustou, largou meu pau e começou a pedir desculpas, cara eu esperei por isso a tanto tempo, não ia deixar passar, tentei dar meu sorriso mais safado, ele logo percebeu e me respondeu com um lindo sorriso de alívio, perguntei olhando do meu pau até os olhos dele: “quer continuar?”. Ele pôs a mão sobre meu pau e meus testículos e ainda sorrindo falou apenas: “ainda bem”. Tirou minha bermuda começou a beijar minha rola alternando com lambidas na cabeça e no saco, a essa altura já bem excitado, ele começou a chupar e lamber todo o meu pau, comecei a babar muito naquela boquinha, o que me deixou ainda mais excitado e parece que isso deixa ele bastante excitado também, como sou peludo vez ou outra ele tirava um pelo da boca, eu estava suando e começou a exalar o famoso “cheiro de macho”, estava ficando um pouco constrangido quando ele soltou a seguinte frase: “esses pelos de macho me deixam louco”, reparei que também vez ou outra ele cheirava meus pelos e meu pau depois passava a chupar com mais vontade, então enlouqueci de tesão e do nada o beijei pela primeira vez, perguntei onde ele queria que eu gozasse, de forma obivia ele respondeu que boca, então começou a me chupar de forma mais intensa, eu não conseguia resistir e gemia bem alto, forçava sua cabeça em direção ao meu pênis enquanto com a outra mão acariciava suas costas e sua rola, ele com meu pau todo em sua boca que estava toda molhadinha e vermelha pedindo que eu gozasse foi demais para mim, então gozei, senti uma onda de dormência percorrer todo o meu corpo e meus músculos contraindo, ahhhh foi a melhor, olhei para ele e ele estava com uma cara de quem sabe que arrasou, notei que eu tinha arranhado forte suas costas, perguntei: “como posso te recompensar?”. Ele respondeu super safado: “faça o seu melhor”. Comecei beijando os arranhões, subi e beijava seu pescoço de forma carinhosa deixando que ele sentisse minha respiração bater em sua pele, tirei a cueca box que ele estava vestindo e lá estava aquele ovo gostoso e seu pau de + ou – 18cm, porém mais fino que o meu (sempre comparando kkk), olhei para ele sorri, ele sorriu, beijei seu saco e ele deu uma gemida tímida, então o coloquei de quatro passei a cabeça do meu pau que ainda estava meleada naquela bunda gostosa e fiz um cunete lambia do saco até o cuzinho, virei ele para frente e dei uma mordidinha na cabeça daquela rola pra ver qual reação ele teria, ele respirou fundo, o que me deu mais vontade de fazer ele sentir o que ele me fez sentir, chupando ele cada vez intenso, ele começou a gemer muito e bem alto, notei que ele ia gozar, sentia suas veias pulsando, então comecei a masturbalo com minha boca ainda na cabeça do seu pau dando leves chupadas e lambiadas, senti o primeiro jato em minha língua logo depois veio outros junto com suas pernas que laçaram minha cintura e um super gemido gostoso pra caralho. Olhei para ele e perguntei rindo e beijando seu pau e seus testículos: “recompensado?”. Ele riu e respondeu: “você fez o melhor que podia fazer, porque eu senti o melhor que posso sentir”. Nos beijamos, passei para atrás dele e ficamos de conchinha (que fofo kkk), amo encochar pessoas e ele estava tão lindo em meus braços, fiquei mordiscando a sua orelha e beijando o seu pescoço até dormirmos. Sim, nus, suados e gozados.

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir