Passagem de ano ;)

Passagem de ano 😉
Quando eu tinha 18 fui passar a passagem de ano com o meu pai, a minha madrasta e uns amigos deles. Eu sempre gostei de mulheres mais velhas, e a minha madrasta tinha 40 e as outras mulheres deste grupo tinha 48,49 e 36. Haviam 3 casas para dividir por todos, então, numa casa fiquei eu, a minha madrasta, o meu pai, a senhora de 48 de quem eu já conhecia desde sempre, e a sua filha, noutra casa ficou a senhora de 49 (que vou por o nome falso de Joana) com o seu marido e o seu filho, e noutra casa ficou a senhora de 36 com o seu marido e o seu filho. A nossa casa só tinha dois quartos, um com cama de casal e outro com 3 camas de solteiro.
No dia anterior á pda, nós iamos jantar a um restaurante e então, iamos tomar banho e ir para o restaurante. Primeiro foi o meu pai, depois foi a Joana e a filha, foram as duas juntas o que me deu alguma tesão, depois foi a minha madrasta e depois iria eu, e enquanto a minha madrasta tomava banho eu tava de boxers com a minha toalha á porta da casade banho á espera e deu me vontade de fazer xixi, então eu bati á porta e perguntei se ela ainda tava a tomar banho e ela espondeu: “Estou, mas podes entrar e começar te a despir para a água não arrefecer”, e eu entrei tirei os boxers e comecei a fazer xixi, quando acabei, virei me e estava a minha madrasta nua com aquelas suas curvas e as suas grandes mamas e com a sua cona peludinha (devido á facilidade de ela contrair infeções, não convém ela se depilar) e eu ao ver aquilo, juntando a tesão da Joana e a filha terem tomado banho juntas, a tesão do mijo e agora ela nua á minha frente comecei a ficar com muita tesão, e não consegui esconder e ela estava a olhar fixamente para a minha pila enquanto ela se secava com a toalha e disse “Elah” e sorriu,mas depois não disse mais nada e eu fui para o chuveiro e fiquei com mesmo muita tesão e tinha a pila mais dura e maior do que antes, e de repente ela abre a porta do chuveiro e diz ” O champo está ali” e voltou a olhar para o meu pau, mas desta vez quase que entrou para o chuveiro comigo, mas deve lhe ter pesado a consciencia por causa do meu pai, eu com aquilo tudo comecei a bater uma depois de ela ter saido. A minha madrasta e a Joana eram melhores amigas e contam tudo uma á outra, e ela deve ter contado porque quando ela saiu, passado 5 minutos entrou a Joana que que se teve a maquilhar e a fazer xixi,(eu e a Joana nunca tinhamos tido confianças deste género mas a partir desse dia a Joana começou a ser mais atiradiça, e eu acho que vou tentar qualquer coisa ainda este ano,pelo contrário, eu a minha madrasta desde os meus 6/7 anos que andamos nus pela casa e isso, até ja tomamos banho juntos, mas ela nunca me tinha visto com tesão), continuando, quando a Joana entrou, eu não reparei por isso continuei com a minha punheta, e a porta do chuveiro dá para ver o interior mas não dá para ver quase nada o exterior, e quando olhei vi a Joana a olhar por um buraco do chuveiro com um grande sorriso e super entusiasmada, eu logo assustei me mas rapidamente desfarcei e continuei a bater para ela aproveitar e ela ficou a olhar até eu me vir.
E foi essa a história 100% real, espero que tenham gostado.

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir