Na sauna gay

Na sauna gay
De vez em quando lá vou fazer um pouquito de sauna e claro a sensação de andar apenas com uma toalha em volta da cintura e por vezes nem isso no meio da multidão me faz despertar muta vontade.
Já frequentei algumas e esta em Guedes de Azevedo depois de ter fechado a que ficava junto ao Inem no Porto tem sido a minha eleita.
Como sempre logo a entrada o vestiario onde aproveitei para de costas para quem tambem se despia mostrar minas nadegas.
Toalha à volta da cintura e lá vou para o duche. Sinto-me espiado mas olho e espantei o jovem. Novamente toalha e vou passear a ver como está o ambiente. Frequentado. Hummmmm
Quando passo junto a uns privados alguem me apalpa as costas mas nao paro. Logo a frente junto a grande sala de cinema alguem passa por mim e me apalpou a pila bem devagar.
Primeiro poiso. Banho turco. Entro devagar até para ambientar os olhos à escuridão se não ainda me sento ja no colo de algum. Sentei-me não muito ao fundo da sala do turco e tento olhar para melhor ambientar os olhos. 2 homens sentados e vejo um vulto de pé bem no fundo.
Ouço barulho de quem está a mamar. Ouço um gemido. Ui aquilo me começa a excitar. O homem mais perto de mim abre mais a perna e me toca com seu joelho. Deixei. Entra um outro homem mas sai de imediato e o outro que estava sentado tambem sai. Ouço mais forte o barulho de uma mamada. O que está junto de mim me apalpa as pernas e sobe até meu pau ainda murcho e parece que não gostou. Levantou-se e saiu. Os outros dois do fundo tambem sairam e eu aproveitei ja ambientado à escuridão e me sentei bem mais ao fundo.
Entraram dois seguidos. Um sentou-se não muito longe de mim outro ficou de pé na minha frente. Vi que apalpava o pau. Entrou mais gente e um deles passou entre mim sentado e o que estava de pé e senti sua mão se apoiando num ombro meu.
O que estava na minha frente tira a toalha e fica a mexer no pau teso bem devagar. Me deu vontade de o agarrar mas nesse momento o outro me apalpava um mamilo. Deixei. Sentou-se ao meu lado. Me apalpou a perna e depois me deu a mão. Meteu a mão por baixo da toalha e me apalpou os tomates. Logo minha mão procurou seu pau. Ops estava já duro e era grosso. Ele abre a toalha e fiquei com aquele naco na mão. Outros sentados a minha direita vi que se apalpavam. O Homem que estava na minha frente vi que lentamente se aproximava de mim e eu com a outra mão estendi e toquei seu pau. Ele sentiu minha aceitação e aproximou finalmente e eu abocanhei-o. Não grosso não muito comprido. Mamei bem o outro a meu lado se colocou de pé e eu virei minha boca para ele. Hummmm grossinho e bem comprido. Tentei abocanhar tudo mas não consegui. Enquanto isso masturbava o outro e senti uma nova mão a apalpa-lo tambem. Olhei e um novo amigo estava ali a nosso lado também. Tirei a minha mão para lhe facilitar a ele e procurei o pau do novo amigo. Estava murcho mas logo deu sinal de si. Masturbei-o e quando o senti teso larguei o grosso e fui mamar aquele. Mamei e alternava ora o do novo ora o grosso. Por fim o que estava na minha frente bate-me com a cabecinha na cara e começa a esfrega-la na minha cara. O do pau grosso me arranca a toalha e procura com os dedos meu cu. Facilitei e ele me meteu não sei se 2 ou 3 dedos. Continuei a mamar agora o pau do ultimo a chegar que o senti contrair o pau e acertei o que estava a acontecer. Veio-se. Cuspi para o chão e com dedos metidos no meu cu mamei o dono dos dedos. Procurei que se viesse tal a mamada mas acabei cansado. Levantei-me e fiquei no meio dos dois e senti o pau do que me tinha metido os dedos no meu rego. forcei para trás enquanto masturbava o outro. Ele só roçava e por fim o da frente se veio na minha mão e ambos até parecia que combinados se afastam de mim.
Olhei e vi que mais a frente 3 homens se masturbavam e chupavam. Decidi sair dali.
Tomei um duche. Subi ao andar de cima e para quem conhece esta sauna me entende e fui espreitar pela janela atras da sala de cinema o filme que estava a dar. Em vez de me encostar a parede atrás encostei-me a janela. Fui surpreendido que nem tinha dado fé que alguem tambem estava ou tinha entrado ali e senti me apalparem o cuzinho por cima da toalha. Estremeci com o susto mas para não o espantar arrebitei e cheguei-me um pouco para trás. Foi o sinal que ele precisava. Logo se colou a mim. Estendi a mão para trás e senti seu pau bem duro. Ele me levantava a toalha e já apalpava meu cu nu. Eu fiz o mesmo e o masturbava. Beijou-me as costas e eu sempre com o pau na mão direccionei-o para o meu cu. Não se fez rogado e tirando-me a mão de seu pau logo senti sua cabecinha procurando meu buraquinho. Ajudei-o com a mão e coloquei-o bem na entradinha. Forçou um pouquinho e eu ajudando senti ele entrar em mim. Senti-o parar mal entrou e eu tambem parei pois senti que estava segurando a ejaculação. Sorte que mais ninguem estava a procura daquele lugar e eu me senti bem ali agarrado por aquele homem que nem sequer tinha olhado seu rosto. Começou a bombar dentro de meu cu devagarinho. Arrebitei para facilitar e ouvi-o dizer. Belo cu apertadinho que delicia. Fiquei contente ao ouvir aquilo e estendi a mão para o agarrar mais contra mim e senti que ele batia com seus quadris em minhas nadegas. Hummmm ele metia todinho até que me agarrou forte pela cintura e senti sua piça pulsar e ele se veio todo. Tirou fora agradeceu me dando um beijo no pescoço e saiu e nem sequer ai vi seu rosto.
Coloquei a toalha e novo duche. Na luz vi que tinha leite daquele homem me escorrendo por uma coxa abaixo. No duche entrou outro homem. Estavamos os dois debaixo de agua e quando pego no gel para lavar meu cu vejo ele de pau feito se masturbando. Olhei directamente seu pau. Ele reparou e virou mais para mim. Grande fosga-se. Tirei todo o sabão de mim debaixo de agua e não tirava os olhos daquele mastro. Peguei novamente em gel de duche e esfreguei nas mãos e ele me perguntou se era para o lavar a ele. Não respondi mas agarrei a piça dele e lavei-o. A seguir lavei de novo meu cu e ele reparou que meti um dedo para o lavar por dentro. Se masturbava de novo e perguntou se eu não o queria sentir. A minha resposa foi: Vamos tirar o sabao e depois anda comigo. Assim foi.
Seguiu-me até o andar de baixo e entramos numa privada. Enquanto ele fechou a porta eu tirei a toalha e sentei-me e logo ele tambem tirou a toalha e de pau feito aproximou de mim. Mamei-o mas depois pedi para ele se deitar. Deitado estendeu a mão e apalpou meu pau. Não estava teso. Ficou a mexer nele e eu fiquei parado a receber suas caricias. Comecei a ficar teso e ele aproximou sua boca e me mamou. Eu de joelhos e ele ali deitado e nesse momento agarrei de novo seu pau e masturbei-o. Quando fiquei bem duro ele parou e me disse para eu o mamar. Fui para o meio de suas pernas e mamei-o. Por fim pediu-me se me podia penetrar. Não respondi. Subi por ele acima e sentei-me nele. Hummmm delicia sentir aquela bela piça entrar em mim. Ele tambem delirou e agarrou meu pau e começou-me a masturbar. Por fim ele avisou que estava quase e eu so disse. Podes vir ai e ele logo de seguida se veio todo no meu cu. Recomeçou de novo me mastubando e pediu para eu não prender e me vir no peito dele e eu sempre com o pau dele no meu cu mas sentindo ele amolecer deixei-o masturbar-me todo ate soltar meus jactos no seu peito. Vi ele me espremer todo e com a ponta dos dedos me tirou as gotinhas que ficaram na cabeça de minha piça. Me levantei e ele como que a agradecer veio mamar um pouquinho meu pau. Depois pediu para eu ficar de 4 para ele e senti ele me apalpando o cuzinho, meteu um dedo e depois começou a roçar a pila. Tentou meter mas não estava dura o suficiente e ficou apenas a roçar no meu reguinho.
Foi uma tarde bem vivida

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir